IMPERFEITOS IRMÃOS

Obrigado, Mestre, pela paciência com os Teus imperfeitos irmãos. Muitos lutam para colocar os pés nas Tuas pegadas, mas sabemos que, quando nos faltam forças, voltas para nos buscar. Com carinho nos repetes uma por uma as Tuas parábolas, mas muitos de nós ainda temos dificuldade para entender-Te. Mesmo assim, sabemos que não nos deixas cair em tentação quando Te pedimos socorro. Mestre querido, filho de Deus que não caíste em erros, permaneceste puro por séculos e séculos, até a eternidade, enquanto nós ainda temos no coração as lembranças dos muitos reinos por onde passamos, principalmente o reino animal.

Mestre, sabemos que estás ao nosso lado, dizendo: vinde a mim. Obrigado, muito obrigado, ajuda-nos a nos tornarmos dignos do chamado de hoje, porque muitos já foram rejeitados. Obrigado, Mestre de todos nós.

Assim seja!
 

Pelo Espírito: Luiz Sérgio
Do livro: Rios de Oração
Psicografia: Irene Pacheco Machado

 








 
 



Logo
Logo